terça-feira, 25 de outubro de 2011

Gatinha #11

A captura da #11 foi resultado de uma generosa doação de R$100, onde a outra metade foi custeada pelo projeto :) 

Ela é de uma sub-colonia inserida dentro da area da #10, com alguns metros de distância. Nessa rua, além dela, existem ao menos mais 5 gatos residentes. Uma delas é uma tricolorzinha filhote que desde o inicio das atividades, sempre tenta - e consegue - roubar a isca, mesmo com a tela na gatoeira e por causa do seu peso leve - ela é MUITO magra - nunca acionou o mecanismo da armadilha.

Ao contrário dos demais gatos dessa rua, a #11 é mansa, mas muito suja e assustada, ou seja, foi abandonada ou perdeu-se de sua casa. Suas tetinhas indicavam que já havia sido mãe diversas vezes, apesar da pouca idade ( aproximadamente 2 anos ) e não demoraria para emprenhar de novo, pois um macho estava constantemente ao seu lado. 

#11 capturada
Ela estava com muita fome e comeu dois pratos cheios de ração que coloquei para ela até o horário que era permitido para a cirurgia na manhã seguinte. Na rua em que ela vive há diversas casas e os animais se alimentam do lixo que é deixado para a coleta, rasgando sacos.

linda pelagem :)
muito lindinha, focinho rosa :)
cirurgia finalizada, tudo ocorreu bem :)
4 pontinhos absorviveis
ela já tinha alguns ferimentos na orelha, aproveitamos um deles para fazer a marcação
Ela foi liberada hoje 25/10/2011 e veio bem tranquila no carro, quando a soltei ainda se esfregou em mim antes de sair reconhecendo seu territorio e ficou sentada, quietinha na calçada. 

ficha de captura da #11

Além da doação devo agradecer um amigo que forneceu carona para essa area.
Não possuo carro e dependo muitas vezes de taxi, o que encarece ainda mais as coisas.

E nos horários de captura fica tudo muito mais dificil, já que a partir das 20:00 os taxistas que conheço e confio aqui perto já pararam de trabalhar. Gostaria muito de encontrar alguém com carro, disposição, tempo e paciência para ajudar com a captura dos demais gatos dessa rua dentro do meu bairro, mesmo que somente um dia por semana. 

Mas enquanto isso não acontece, o importante é não desistir e ajudar os gatinhos sempre que possível :)

Um comentário:

  1. Ai quase chorei na parte que vc diz que ela se esfregou em vc...ela deve saber que foi para o bem dela e estava agradecendo seu empenho!!!
    Lindo demais!! Bjos!!!

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.