sábado, 8 de outubro de 2011

Gatinha #7


Gatos aparecem na nossa frente quando se menos espera. 

Com a gata #6  capturada e devidamente esterilizada, achei que a semana havia fechado com chave de ouro e somente tentaria capturas novamente na segunda-feira, justamente os filhotes da #6 quando houvesse dinheiro disponivel.

Para minha sorte havia uma doação me esperando quando retornei da cirurgia da #6, que me foi entregue em mãos por alguém muito querido. E aí estaria a castração dos filhotes.

Estava eu saindo do supermercado quando meu olhar bateu na bolinha peluda deitada na rampa de saída que dava acesso ao estacionamento. Dormindo no cantinho, toda embolada, uma escaminha de tartaruga filhote, totalmente alheia ao movimento ao seu redor. Cheguei perto e resolvi pegá-la, mas antes mandei msg para o doador monetario, pedindo permissão para mudar o foco.

Fui para casa, peguei a caixa, chamei o taxi e retornei, xingando o transito lerdo e o medo de não mais encontrá-la lá. Felizmente parecia que ela havia me esperado, me aproximei já colocando a caixa e o atum no chão. Com fome, mas muito desconfiada, ela se aproximou, tentei pegá-la a primeira vez, ela rosnou, chegando perto de novo da comida, a agarrei pelo pescoço e a coloquei na caixa, sob o olhar curioso das pessoas que passavam.

O taxista já virou meu "parceiro" e vibrou junto quando voltei com a gatinha. E lá fomos para a clinica. 

bebêzinha com minha coloração favorita: escama de tartaruga. olha que carinha linda!
cirurgia feita
to ruim de tirar foto da marcação, mas essa ficou direitinho também

Ficha da #7

Por causa da magreza, ela irá permanecer internada por alguns dias para se alimentar melhor até ser solta novamente. Fui visitá-la hoje antes de pegar a #6 para a soltura e ela estava bem, mas ainda sem gostar muito de proximidade.

Não irei colocá-la no local de onde eu a peguei, pois há um fluxo intenso de pessoas e daqui a pouco ela pegaria um chute ou seria atropelada no estacionamento abaixo.

O bom de animais castrados é que eles não são ameaça para outros animais de uma região, então ela irá para uma colonia com poucos gatos, em bom estado, que tem acesso regular a alimentos, em uma rua bem mais calma.

Com a sua castração são menos 120 gatos nascidos em São Luís, em apenas 3 semanas.

Nada mal :)


2 comentários:

  1. Que linda!!!!!!! São Luis precisava de uma pessoa como vc!!! Parabéns!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. É assim mesmo, eles brotam do nada!
    Bjs
    Cris

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.