terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Gatinho #61,Gatinho #62 e os planos para fevereiro

29/01/2012 foi um daqueles dias que quase tudo deu errado :P

Logo no começo avistamos o macho do rabo preto tentando persuadir a cara-preta ( #24 ), mas ela somente rosnava para ele hehehhe

Me aproximei com a gatoeira e neste exato momento uma pessoa passa com dois cães, que começaram a latir para os gatos, espantando-os. 

Tentamos ir para outra localidade, onde pegamos o #54 e #55, mas somente uma femea estava lá. Quando ela se interessou pela gatoeira, um grupo de rapazes barulhentos apareceu, fazendo com que ela se afastasse. 

Depois fomos ao terreno do #45, o gato amarelo macho que falta estava lá, se interessou pela armadilha, mas o #39 e o #40 ficavam afastando-o. Tentamos as femeas brancas, tambem sem sucesso :(

Por ultimo fomos até a rua das construções onde pegamos a #18 e finalmente encontramos 2 filhotes, famintos, de aproximadamente 5 meses, mas já ferais.










Também descobri que uma filhota da #10 que ainda não foi castrada  ( pensei que era macho ) está morando em uma rua bem distante do foco da mãe, ou seja, deve ter sido expulsa por ter entrado no cio  ou saiu a procura de machos. Tenho que capturá-la o mais breve possivel, senão serão mais 6-7 filhotes abandonados daqui a poucos meses :( 

O problema é que os gatos restantes são justamente aqueles que não entram na gatoeira, então vai ser necessário a construção de uma drop trap para capturar esses felinos mais dificeis. Hoje irei para uma loja de material de construção para fazer o orçamento e, se possivel, já comprar os materiais para a confecção dessa armadilha.

esqueleto básico de uma drop trap, a nossa será feita de canos de pvc

Além disso, o Felinos Urbanos também irá começar a criar abrigos para os gatos ferais da colonia inicial, para que se protejam das chuvas que já começaram, assim como outros projetos de C.E.D já fazem ao redor do mundo.

A primeira tentativa foi com bacias plásticas, mas por causa da dificuldade de montagem e corte,  pesquisei sobre outros materiais, até que uma amiga do Arizona me mandou o abrigo utilizado pela The Hundred Cat Foundation ( também fazem C.E.D ) , feitos de caixa de isopor, de construção e montagem extremamente simples e que oferecem abrigo e calor para os gatinhos durante as tempestades. 

abrigo da The Hundred Cat Foundation

Também encomendei ganchos cirurgicos proprios para tornar a incisão das gatas operadas ainda menor. Todo esses investimentos no projetos são importantes, mas representam recursos sendo retirados dos valores das castrações dos gatinhos.

Quem quiser e puder apadrinhar as castrações de fevereiro, qualquer valor será bem-vindo :)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.