segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Cota Social - Como funciona?

A Cota Social dos Felinos Urbanos nasceu do desejo de ajudar gatinhos além da colônia inicial.

Nossos recursos são limitados e conseguidos com muito custo para serem revertidos em castração dos ferais, mas a dificuldade que pessoas carentes encontram para esterilizar seus animais não passa despercebida para o projeto. 



Além da localização distante, os preços oferecidos pelo curso de veterinária na UEMA são muito altos para a realidade de uma família humilde e clínicas particulares nem sequer chegam a ser uma opção. 

Os gatos da cota social se dividem em duas categorias: animais de pessoas carentes, que são escolhidos sob rigoroso processo de seleção e animais trazidos por alguém que quer ajudá-los e irá custear sua castração. Na maioria das vezes, estes são animais semi-domiciliados, que vivem na rua ou próximo à casa da pessoa e alimentado por vizinhos, mas sem ter um “dono” propriamente dito. 

#12, de uma senhora bem humilde, que teve a castraçao custeada por uma pessoa de bom coração :)

Não acreditamos em oferecer castração gratuitamente para gatos semi-domiciliados ou com donos, mesmo carentes, já que agregar valores ( mesmo que minimos ) gera uma conscientização maior quanto à castração e aos cuidados com aquele animal. 

A dona do #43 não aguentava mais vê-lo apanhando pelas ruas e nos procurou para ajudá-lo :)

Além disso, cada moedinha direcionada para a cota social representa menos castrações para os ferais, que são o foco do projeto e não tem ninguém – exceto nós – olhando por eles.

Também já fomos procurados para colocar animais na Cota Social por pessoas que custearam integralmente suas castrações, mas que optaram pelo projeto.

Os gatos operados conosco recebem cirurgias de alto nivel, com fio absorvível que torna o pós-operatório mais tranqüilo. Também é possivel esterilizar filhotes, com a castração pediatrica.

Os animais são rapidamente levados para a cirurgia e retornam para os donos horas depois, já com toda medicação necessária, além de informações sobre o pós-operátorio :)

filhotinha que foi adotada depois de castrada pelo projeto :)

Esterilizando estes animais, cujo donos - mesmo com boas intenções - não teriam a oportunidade de agir corretamente com eles, estamos eliminando centenas de novos gatos abandonados pelas ruas. 


Também é uma forma de conscientizar as pessoas quanto à castração e a responsabilidade social que cada um de nós tem com estes animais. Não é necessário adotar para ajudar, apenas custear uma castração pode mudar completamente a realidade daquele gatinho.



Vários gatos da cota social, que eram semi-domiciliados, foram oficialmente adotados desde que foram esterilizados pelo projeto, aumentando ainda mais sua qualidade de vida.

gatinha  teve a castração custeada pela pessoa que a resgatou :) foi adotada logo depois da cirurgia

Em suma, a Cota Social é nosso modo de devolver para a sociedade a ajuda e sucesso que estamos tendo nos Felinos Urbanos. Até hoje 12 gatinhos carentes foram ajudados pelo projeto :)


Sempre estamos dispostos a ajudar quem também deseja o melhor para os animais.

Se quiser apadrinhar a castração de algum gatinho carente, nos procure, teremos prazer em ajudá-lo a fazer uma boa ação :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.