terça-feira, 1 de maio de 2012

Gatinho #98, Gatinha #99 e Gatinha #100

No domingo, dia 29/04, partimos para a nossa ultima captura do mês de Abril. 

Assim que carregamos o carro com a drop trap e as caixas, avistamos o gatinho macho branco e amarelo que a algum tempo aterrorizava o foco do #14, impedindo-os de se aproximar da comida e perseguindo-os toda vez que chegava. 

Sendo um macho maduro e não-castrado, não conseguiamos estabelecer um horário para sua captura, mas parece que ele estava esperando por nós, ainda mais de ter perseguido o pobre do #14 logo assim que chegamos. Além de territorial, ele é um gato extremamente forte - deu uase 6kgs na pesagem - e tive que ficar em pé em cima da drop para poder contê-lo, pois ele tentou levantar a armadilha para fugir. 

Para completar, ele conseguiu abrir a caixa de transporte, agradeço muito pela existência de lacres de reforço hehehehe . Mas, tudo acabou bem e ele se transformou no #98 :)




Com meia hora de cirurgia ele já estava acordado o suficiente para dar trabalho na hora de tirar o soro. 
Ele foi liberado no cair da tarde, saiu correndo e bem na sua area :)

Continuamos nossa busca pela gatinha do tumor pelas ruas, mas sem sucesso :( 

Mas acabamos tendo a oportunidade de ajudar uma gatinha que, durante o exame clinico, acabou sendo salva de ser potencialmente uma nova gatinha com tumor na colonia inicial. 

Encontramos essa menininha sentada em uma rua que nunca entramos antes, na calçada de um prédio de apartamentos e logo veio ao sentir o cheiro da isca.

E tinhamos nossa #99 :)




 Durante o exame, constatamos que uma de suas mamas ( a ultima do lado esquerdo ) estava com um inchaço bem anormal e sem leite. Na cirurgia, os ovários estavam cheios de micro-cistos e inchados. 

Com a castração, os hormônios que contribuem para o aparecimento de tumores  dos orgãos sexuais param de agir no organismo. Esperamos que ela fique bem e esse inchaço diminua em breve. 

Ela foi liberada hoje a noite na rua em que a encontramos e passava bem :)

Nossa centesima gatinha foi descoberta por acaso nos limites da colonia inicial, morando nos jardins de uma padaria. É uma gata mansa e estava em bom estado, com certeza tinha uma familia antes de aparecer ali. Como estava sendo bem tratada por lá, decidimos que ela voltaria para o local. 

Só precisou de um pouco de isca para atrai-la para a caixa de transporte, muito boazinha nossa #100 :)





Ela foi a cirurgia mais complicada da noite. Além de ser MUITO gordinha, o utero dela estava 2x maior do que o tamanho normal. A deixamos internada na clinica por hoje, para que ela terminasse de acordar bem da anestesia. 

A noite, quando fui buscar a #99, ela ja havia comido, bebido e passava bem, será liberada amanhã de manhã :)
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.