sexta-feira, 22 de junho de 2012

Breve Histórico do C.E.D

Texto baseado na entrevista com Ellen Perry Berkeley à Modern Cat. Ellen é uma autoridade em C.E.D, autora e editora dos livros: Maverick Cats: Encounters with Feral Cats ( Gatos de Maverick: Encontro com Gatos Ferais ) e TNR Past, Present, and Future: A History of the Trap-Neuter-Return Movement ( C.E.D, Passado, Pesente e Futuro – A História do Movimento de Captura, Esterilização e Devolução ) 



A história do C.E.D está intimamente ligada aos primórdios das grandes instituições para o bem estar ao animal ao redor do mundo ( como as SPCAs e Humane Societies ) As primeiras atividades de C.E.D 
( Trap, Neuter and Return ), se desenvolveram no Reino Unido e Dinamarca por volta de 1970, mas há registros de pessoas que já capturavam gatos nas ruas, castrando-os e devolvendo a seus locais de origem, mesmo que ainda não houvessem denominação para tal atividade já na década de 50. 
Não há dados precisos de como ou quando o C.E.D foi oficializado com esta nomeclatura.

O C.E.D demorou a chegar aos E.U.A, somente na década de 90 e tomou força com a criação do grupo Alley Cats. Este também foi o período para que as esferas da sociedade que lidavam com animais e o problema da superpopulação reconhecessem o método e sua eficácia.



A Universidade de Escola de Medicina Veterinária de Tufts realizou um workshop de um dia, sobre gatos ferais, em 1992. A Liga Doris Day realizou uma mesa redonda sobre o tema em 1994. Em 1996, a Humane Society Americana juntamente com a Associação dos Amantes de Gatos realizaram um workshop cientifico. E em 1995, a Associação Americana de Veterinária trouxe Jenny Remfry, da Inglaterra, para uma apresentação. Ela foi peça chave para a mudança de atitude inglesa em um simpósio apresentado em 1980 sobre gatos ferais, organizado pela Federação das Universidades para o Bem Estar Animal.

Com o passar dos anos, o C.E.D ganhou força em seus países de origem e também pelo mundo inteiro, se tornando acessível não somente para veterinários e participantes de grandes organizações, mas para qualquer membro da sociedade que queira ajudar estes animais, não importando seus motivos. Admiradores de pássaros, ecologistas, ambientalistas, já que o intuito do C.E.D é RETIRAR estes animais deste meio selvagem ou urbano de onde eles não pertencem, de uma forma humana e com menores custos.

O C.E.D não precisa ser feito em grandes escala para mostrar resultado. 
A diferença para a vida destes animais pode começar em seu bairro, em um prédio abandonado, no campus de uma universidade, etc. 

se cada um fizer a sua parte, nem que seja somente 1 bichinho castrado por mês, as coisas serão bem melhores :)

O futuro do C.E.D é promissor, já que novas técnicas cirúrgicas mais baratas e menos invasivas estão sendo desenvolvidas, para atender estes gatos ferais em uma escala maior e melhor.

Mais pessoas estão percebendo que a esterilização, não somente destes gatos, mas de animais domésticos em geral, juntamente com a conscientização, é o único caminho para evitar o abandono e sofrimento desnecessário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.